6 motivos para você fazer Coaching

Tempo de leitura: 5 minutos

6 motivos para você fazer coaching

 

Sabia que existem diversos motivos para fazer coaching? Sempre sou questionada a respeito de minha profissão, muitas pessoas ainda não sabem exatamente o que um Coach faz e sempre me perguntam: o que é isso?
Sem entrar muito nos termos técnicos do coaching, de uma forma muito simples, posso dizer que eu trabalho com o autodesenvolvimento e autoconhecimento dos meus clientes.
Eu os ajudo a obter o resultado que desejam e ter a vida transformada fortemente no ponto em que precisam. O coaching possui ferramentas que são potencializadoras e ao final de 10 sessões, o cliente obtém diversos benefícios que o coaching traz.
E neste artigo, decidi listar apenas seis das muitas mudanças que o coaching promove, sejam elas pessoais ou profissionais.

1 – Foco
Hoje em dia é muito difícil manter o foco enquanto o mundo ao nosso redor está desmoronando. Ou em meio a uma sociedade hiperconectada.
Mas todos sabem que aprendemos melhor com a atenção focada. Sem foco não aprendemos nada. Muita gente não faz ideia da imensa capacidade que adquirimos quando focalizamos toda nossa energia, todos nossos recursos para atingirmos algum objetivo em nossa vida. Segundo Les Brown: “Você precisa manter o foco em sua jornada para realizar grandes coisas.” Um dos benefícios do coaching é direcionar o nosso foco para aquilo que desejamos conquistar.

2 – Ação
Quer atingir seus objetivos? Entre em ação! Pode ser difícil acreditar que apenas a mudança de uma atitude pode modificar imediatamente seu nível de felicidade, mas entrar em ação é deixar definitivamente a zona de conforto.
A zona de conforto parece um lugar seguro, mas na verdade ela nos acorrenta, nos aprisiona e nos impede de alcançar nossos sonhos. Através do coaching, você pode decidir agir na direção de seus objetivos e metas. Desta maneira você terá dado início ao processo de libertação da sua zona de conforto.

3 – Inteligência Emocional
Outra coisa que sempre me perguntam é sobre a Inteligência Emocional.
Inteligência Emocional é a nossa capacidade de perceber e entender nossas próprias emoções utilizando os dois lados do nosso cérebro, o racional (hemisfério esquerdo) e o emocional (hemisfério direito). Num processo de coaching, as pessoas têm a oportunidade de conhecer suas próprias emoções e redirecioná-las para obter melhores resultados na vida profissional, pessoal e no convívio com a sociedade em geral.

4 – Gestão de Tempo
Parece que nunca temos tempo o suficiente, né? Está cada vez mais difícil conciliar o nosso tempo com as inúmeras tarefas, compromissos e obrigações que surgem em nossas vidas. Num mundo competitivo, com o ritmo cada vez mais acelerado, excesso de informações e uma longa jornada de trabalho é muito provável que nossa vida pessoal seja deixada de lado. Mas o tempo é precioso. Uma vez perdido, jamais poderá ser recuperado.
Quando falamos em gestão de tempo, estamos falando em criar um planejamento e estabelecer prioridade para as atividades que exigem mais foco. No coaching, através de ferramentas como a Tríade do Tempo do Christian Barbosa (você pode acessar ela gratuitamente aqui https://www.triadps.com/TesteTriade/ e descobrir onde está gastando seu tempo), as pessoas podem ter uma visão do quadro completo de suas vidas e enxergar o quanto desperdiçam de tempo com atividades que não agregam nenhum valor às suas vidas e nem permitem alcançarem seus objetivos pessoais e profissionais.

5 – Produtividade
Quando passamos a usar o nosso tempo de forma sábia, nossa produtividade já aumenta. E diferentemente do que muitos acreditam, ser uma pessoa produtiva não é estar sempre ocupado realizando inúmeras atividades. Muitas pessoas deixam de serem produtivas devido ao excesso de tarefas. E outras por causa da procrastinação. O processo de coaching auxilia na mudança de hábitos, ou seja, ele é um método eficaz para o desenvolvimento de habilidades e eliminação da procrastinação. Além disso, para que você possa ter uma boa produtividade é sempre importante: criar uma rotina, ter uma boa noite de sono, alimentar-se de maneira saudável e praticar alguma atividade física. Por isso que “As escolhas levam a hábitos. Hábitos se transformam em talentos. Talentos são chamados de dons. Você não nasceu desse jeito, você se tornou assim.” – Seth Godin

6 – Eliminação de Bloqueios
Tenho certeza de que você já dever ter ouvido alguém falar, ou até mesmo você já deve ter dito algumas dessas frases: “pau que nasce torto nunca se endireita”, “homens são todos iguais”, “como é difícil ganhar dinheiro” ou “tudo de errado só acontece comigo”. Acontece que talvez o que você não sabe é que essas frases não só tem efeito, como também possuem uma causa.
Como assim, Júlia? A maioria das palavras que dizemos, tem total relação com nossas crenças, muitas vezes inconscientes, mas que mostram a nós e as pessoas ao nosso redor, quem nós somos e do que somos capazes de ser, ter e fazer. Será? Muito provavelmente na sua infância você deve ter ouvido de seus pais: “você só dá trabalho” ou “você não presta pra nada” e, infelizmente, esse aprendizado familiar que passou de pai para filho, esteja impedindo seu crescimento pessoal. O primeiro passo que o coaching nos revela é identificar quais são as crenças que nos bloqueiam para que em seguida possamos transformá-las em crenças fortalecedoras.

“As coisas não mudam; nós é que mudamos.” – Henry David Thoreau

Quer mais motivos? Você terá vários outros iniciando o processo de Coaching. Se você gostou desse artigo e quer ajudar mais pessoas a reescreverem suas histórias através do Coaching, clique em algum dos links abaixo para ajudar a divulgá-lo.

Júlia Audi

Master Coach, escritora, empreendedora e radialista.
Júlia Audi

Últimos posts por Júlia Audi (exibir todos)